O inicio do Treinamento em Suspensão







O treinamento em suspensão é uma maneira de treinamento funcional (que trabalha prioritariamente com o peso do corpo) que trabalha com a propriocepção (também chamada de cinestesia). A propriocepção é a capacidade de reconhecer a localização espacial do corpo, posição, orientação e a força exercida pelos músculos. Em linhas gerais é a "consciência corporal" que muitas pessoas afirmam ser importantes para a prática esportiva. A consciência corporal permite a manutenção do equilíbrio postural e realização de várias tarefas práticas no exercício.

Antes de começar a usar a fita em suspensão, tenha em mente que, para qualquer tipo de aparelho e novidade, há uma curva de aprendizagem. Não espere que o aparelho faça milagres em curtíssimo espaço de tempo. Milagres não acontecem em nenhum tipo de treinamento. Saiba que em treinamento esportivo não há mágica. Por isso procure iniciar com posições mais verticais, as quais são menos exigentes, para concentrar em executar com técnica adequada.

Somente quando a técnica de realização do exercício estiver dominada e internalizada é que o atleta pode ir iniciando a posições mais horizontais.

Portanto, o  treino suspenso é facilmente adaptado para vários níveis diferentes de habilidades. Você consegue usá-lo com os alunos iniciantes e avançados, tudo no mesmo equipamento.

Ao desenvolver o equipamento, seu criador utilizou três princípios:

  • Estabilidade
  • Pêndulo
  • Resistência

Cada um deles serve para dificultar ou facilitar o movimento realizado. De acordo com o princípio do vetor de resistência conseguimos aumentar a resistência exercida sobre certo músculo durante o exercício.

Para isso bastante alterar o ângulo formado entre o corpo e o solo. Conforme o ângulo diminui o exercício fica mais difícil (pense que a gravidade puxando o corpo para baixo também se torna parte da resistência). Portanto se você quer adaptar o exercício para iniciantes é só aumentar esse ângulo e encontrar uma posição mais estável.

O princípio do pêndulo determina que a posição do corpo em relação ao ponto fixo da fita também deixa o movimento mais fácil ou difícil. O treino suspenso fica mais desafiador quando o aluno se distancia do ponto fixo. Quanto mais perto mais estável será o movimento, portanto mais fácil.

Por fim, outra maneira de dificultar ou facilitar é alterando a base de apoio do aluno. Uma base menor dará menos estabilidade, uma maneira simples de desafiar seu aluno.

O melhor curso!

O melhor curso para aprender a trabalhar com fitas de suspensão é VOLL Suspension. Ele foi desenvolvido por profissionais da Fisioterapia e da Educação Física, com prática e teoria sempre alinhadas: oferecemos para nossos alunos um material didático GRATUITO para consulta. Além disso, você terá acesso à plataforma do aluno, com 80 exercícios bônus além do curso VOLL Suspension. Clique aqui!



Eu sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo. Se você quiser ter conteúdo sobre esse tema para estudo, entre em contato pelo Whatsapp ou email do site . Conheça também nossa página de materiais educativos gratuitos .

Dicas para profissionais:
  • Materiais para Estudo Educação Física e Esportes GRATUITOS
  • Atividades para Aula de Educação Física Escolar
  • Formação em Avaliação Física Funcional
  • Fisiologia do Exercício aliada ao Treinamento
  • Grupo de Whatsapp




  • Comente:

    Nenhum comentário

    Comentários ofensivos não serão publicados!