Testes importantes numa Avaliação Física no Esporte






Uma boa avaliação física inclui diversos métodos para que as condições atuais do aluno sejam registradas com a maior precisão possível. É comum que o avaliador divida a avaliação em diversos testes que são realizados em sequência.

Para que o avaliador tenha sempre o melhor resultado, é importante saber que temos 3 tipos de avaliação a ser feita:

  • Avaliação diagnóstica: Análise dos pontos fracos e forte do aluno ou atleta, em relação a determinada característica;
  • Avaliação formativa: Informa sobre o  progresso dos indivíduos, no decorrer do processo ensino-aprendizagem, indicando  ao professor o grau de aprendizagem do aluno;
  • Avaliação somativa: Soma de todas as avaliações realizadas no fim de cada unidade do planejamento, com o intuito de obter o progresso do aluno

Tendo em mente esses tipos de avaliação (e seus objetivos), vamos conhecer quais são os principais metodos para se chegar a resultados com o aluno.

Anamnese

Trata-se de um questionário detalhado que deve ser respondido com o máximo de fidelidade possível. Seu preenchimento é feito antes mesmo da avaliação física propriamente dita. Com esse teste, o avaliador poderá analisar com mais tempo e cautela os hábitos diários da pessoa, tais como alimentação, horas de sono, rotina de trabalho e tempo disponível para se exercitar.

Também há questões que pedem para a pessoa informar se tem algum problema de saúde. É essencial responder essas questões corretamente. Afinal, há doenças que podem limitar a prática de atividades físicas e isso será levado em conta no momento de definir o programa de treinos.

Basicamente, as respostas da pessoa indicam seu histórico e suas expectativas em relação ao treinamento. Dessa forma, esse questionário oferece informações relevantes para a avaliação do condicionamento atual do seu organismo.

Teste de capacidade cardiorrespiratória

Esse teste é imprescindível para pessoas que têm antecedentes de problemas de coração ou mesmo que pretendem sair do sedentarismo. Mesmo para quem está mais acostumado com atividades físicas, ele é importante para ajudar a avaliar exatamente o condicionamento físico da pessoa.

Trata-se de executar algum tipo de exercício ergométrico, como pedalar na bicicleta ergométrica ou correr na esteira. Durante o teste, a intensidade do exercício é aumentada gradualmente, enquanto se monitora a resposta do coração diante dos diferentes níveis de estímulo.

Testes antropométricos e de composição corporal

Esses são os testes mais conhecidos no que se refere à avaliação física em academias. Trata-se de registrar as medidas de peso, estatura, circunferências e percentual de gordura corporal. Alguns aparelhos, como o adipômetro, são indicados para medir as dobras do corpo.

O avaliador pode ter dificuldades para medir as dobras de pessoas que têm gordura subcutânea. Essa é uma das razões pelas quais há diversas formas de se realizar a avaliação física. Na impossibilidade de conseguir uma ou outra medida, os resultados podem ser obtidos em fórmulas que ajudam a definir o percentual de gordura e também a massa magra de determinada área do corpo.



Avaliação neuromotora

É utilizada para avaliar a flexibilidade, a força e a resistência muscular localizada de cada indivíduo. É realizada para avaliar com precisão a capacidade do grupo muscular de diferentes partes do corpo.

A força é medida por meio de um equipamento chamado de dinamômetro. Para testar a resistência, o aluno é submetido a certos exercícios, como abdominais ou flexões de braço. O número de repetições em função do tempo é o que determinará a sua resistência.

O teste de flexibilidade é utilizado para determinar a capacidade de amplitude de cada movimento. O resultado indica o quanto os músculos da pessoa conseguem se estender.

A avaliação neuromotora é crucial para o direcionamento do aluno para os exercícios corretos. Assim, será possível melhorar certos resultados, como flexibilidade, força e resistência. Além disso, esse teste é útil para um melhor aproveitamento de atributos físicos positivos que a pessoa talvez já tenha.

Bioimpedância

A bioimpedância é um teste rápido utilizado para verificar o percentual de gordura por meio da passagem de corrente elétrica. Esse teste informa qual é o nível de água do organismo. A partir dessa informação, é possível calcular também o percentual de gordura corporal.

A bioimpedância é bastante utilizada em instituições em que há muitos atletas que precisam ser avaliados em um curto período de tempo. Entretanto, mesmo que o exame seja rápido, trata-se de um método bastante eficiente.

Testes mais complexos

Se você desejar testes mais complexos, pode recorrer a um médico ou especialista. Isso é indispensável para quem já tem problemas de saúde e deseja utilizar a atividade física como parte do tratamento. Um exemplo de teste extra para avaliação física é o de postura, que deve ser feito por um ortopedista.

A primeira avaliação deve ser feita antes de iniciar uma rotina de exercícios físicos. Entretanto, sabia que ela deve ser repetida periodicamente?

Após a primeira avaliação, será elaborado um programa de treinamento. Esse programa tem o objetivo de melhorar questões problemáticas que foram encontradas nos testes físicos. Além disso, o programa também levará em conta seus objetivos pessoais, como perder peso e ganhar massa muscular.

Se você quiser aprimorar seus estudos na area de Avaliação Física, é recomendável que conheça o Curso de Avaliação Física Total para Treinamento Individualizado do Viajando pela Fisiologia. Clique aqui!



Espero que você tenha gostado do texto. Abaixo, algumas dicas para profissionais:
  • Cursos Online sobre Educação Física com ótimos preços
  • Ebooks sobre Educação Física com ótimos preços
  • Materiais de Educação Física e Esportes GRATUITOS
  • Atividades para Aula de Educação Física Escolar
  • Livros sobre Educação Física com ótimos preços
  • Grupo de Whatsapp


  • Comente:

    Nenhum comentário

    Comentários ofensivos não serão publicados!