Musculação não é esporte mas é um ótimo complemento!







Musculação é uma modalidade de preparação física, que é implementada visando diversos e variados objetivos, sem que se enquadre na categoria de esporte.

A musculação é conhecida por ser uma atividade que pode te ajudar a ter melhor performance na prática de vários esportes. O cross training e os esportes de combate, como o Boxe, o Jiu-Jitsu, o Judô e o Karatê, são alguns esportes que tem a musculação como atividade complementar.

A musculação também é uma grande aliada para quem pratica esportes de resistência, como o cross training, o cardio training, o ciclismo e a corrida. Além de melhorar o desempenho nesses outros esportes, também proporciona força e solidez, desde que os esportistas mantenham o equilíbrio entre a prática desses diferentes esportes. Uma dica é mesclar as práticas e evitar praticá-las separadamente.

É importante frisar que a musculação apresenta um risco de lesão muito inferior ao das modalidades mais comuns. Exatamente porque não há competição, não tem que erguer mais peso para vencer ninguém, não há que fazer centenas de repetições em um tempo determinado, os movimentos são intencionalmente lentos, não tem que saltar, agarrar, rolar no chão, bloquear, roubar a bola ou nocautear o adversário. Não há adversário!

Ao combinar musculação e esportes de combate podemos:

  • Ganhar força e velocidade
  • Melhorar a estabilidade – essencial para esportes de combate
  • Evitar lesões – ao fortalecer músculos e articulações
  • Relaxar os músculos – ajuda nos períodos de descanso
  • Aumentar a massa muscular – o aspecto estético não é insignificante 😉

Se você quer combinar esportes de combate e musculação, não esqueça do seu objetivo e de adaptar os exercícios. Se você é praticante de Boxe, por exemplo, os treinos de musculação deverão ser adaptados para que você possa ter melhor desempenho nesse esporte. A mesma lógica deve ser usada para os demais esportes (Judô, Karatê, Jiu-Jitsu, etc).

Musculação como esporte complementar – Dicas

  • Alterne entre treinamentos de força e potência
  • Pratique regularmente circuitos que fazem o trabalho de resistência: iniciar sua sessão com uma corrida de cerca de dez minutos, por exemplo.
  • Não exagere nas cargas
  • Varie o programa de treinamento: 2 a 3 treinos por semana são suficientes para eliminar a saturação física e psicológica, desenvolver diferentes habilidades e diversificar sua prática
Conheça o Musculação Funcional e Tradicional - Express. É um método de treinamento para ajudar profissionais a planejarem seus treinos de musculação, entregando mais resultados para seus clientes em mesmos tempo, e com treinos curtos e intensos. Saiba mais clicando aqui! 😁


Eu sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo. Se você quiser ter conteúdo sobre esse tema para estudo, entre em contato pelo Whatsapp ou email do site . Conheça também nossa página de materiais educativos gratuitos .

Dicas para profissionais:
  • Materiais para Estudo Educação Física e Esportes GRATUITOS
  • Atividades para Aula de Educação Física Escolar
  • Formação em Avaliação Física Funcional
  • Fisiologia do Exercício aliada ao Treinamento
  • Grupo de Whatsapp




  • Comente:

    Nenhum comentário

    Comentários ofensivos não serão publicados!