Modalidades e dicas para melhorar na Natação






A natação é um esporte excelente para quem está a procura de alinhar condicionamento físico e bem-estar, pois é o tipo de esporte que trabalha todos os músculos e articulações do corpo. Continue a leitura para saber mais sobre as modalidades e como melhorar o seu desempenho na Natação:
  • Nado Livre

O nado Livre, também denominado Crawl, é o estilo mais rápido da natação. Aqui o nadador fica de barriga para baixo e o movimento de nado consiste nas alterações de pernas e braços. É o tipo de nado mais comum.

  • Nado de costas

Como o próprio nome sugere, o nadador fica com as costas viradas para a piscina. Ou seja, é ao contrário do nado livre. Aqui, o fundamento da natação é semelhante o Crawl, muda-se apenas que o nado é de costas.

  • Nado peito

Esse estilo de nado é mais lento que os anteriores. O nadador deve ficar com os braços estendidos, o rosto deve ficar fora da piscina e as palmas mão voltadas para fora da água.

  • Nado borboleta

O nado borboleta é o mais difícil, pois o nadador deve fazer mais força para nadar. O nadador fica de barriga virada para a piscina, os braços fazem um movimento circular e as pernas ficam juntas e alongadas.

  • Nado Medley

Típico nado em competições, o nado Medley nada mais é do que os quatro tipos de nado realizados pelo nadador.


Algumas dicas para melhorar o desempenho nas piscinas

Destacamos algumas dicas para melhorar a execução dos movimentos da natação e da importância do condicionamento físico no esporte. Veja mais!

Treine com frequência

Como em qualquer outra atividade, a repetição na natação é fundamental para melhorar a técnica. Assim, é indicado praticar, no mínimo, três vezes por semana o esporte, pois é necessário que o corpo tenha um estímulo grande para se adaptar e apresentar resultados satisfatórios.

Não segure o fôlego

Muitos atletas se esquecem de respirar e têm problemas para gerir o fôlego durante o exercício. Logo, é importante manter um ritmo constante de respiração com o nariz e a boca, de modo a não ficar sem ar. Também é fundamental fortalecer a musculatura do pescoço, com o treinamento da respiração nos dois lados (respiração 3 x 1, por exemplo).

Utilize bem as pernas

O treinamento de pernas não é dos mais interessantes, por conta da exigência física; todavia, é essencial para melhorar a qualidade dos membros inferiores durante o nado. Por isso, é importante alternar o ciclo das pernadas e distribuir as forças aplicas em comum às braçadas. Os joelhos devem ficar relaxados e os pés devem "bater" na água.

Tenha cuidado com a postura

O nado deve ser realizado com uma postura ereta, o que proporciona mais fluidez ao nadador. Ainda, é preciso cuidado para não ultrapassar a linha central do seu corpo — uma boa referência de posicionamento é manter, durante a respiração, uma das lentes dos óculos na água.

Para finalizar, indicarei o curso Natação na Prática - Estratégias para o Ensino do Nadar que traz Educativos demonstrados com filmagens na piscina. Aprenda como trabalhar com alunos iniciantes, montar programação, avaliação cinesiológica e utilizar equipamentos para incrementar suas aulas de Natação. Clique aqui e saiba mais!



Eu sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo. Se você quiser ter conteúdo sobre esse tema para estudo, entre em contato pelo Whatsapp ou email do site . Conheça também nossa página de materiais educativos gratuitos .

Dicas para profissionais:
  • Materiais para Estudo Educação Física e Esportes GRATUITOS
  • Atividades para Aula de Educação Física Escolar
  • Formação em Avaliação Física Funcional
  • Fisiologia do Exercício aliada ao Treinamento
  • Grupo de Whatsapp




  • Comente:

    Nenhum comentário

    Comentários ofensivos não serão publicados!