O Goleiro no Futsal




 


O Goleiro é uma posição específica que exige características especiais e, portanto, deve dominar todas as facetas do jogo, próprias e as pertencentes a outras posições específicas, dependendo das funções que deve cumprir.

O goleiro é o responsável por defender o gol e impedir que a bola ultrapasse a linha de meta; para isso, ele pode utilizar qualquer parte do seu corpo. Ele deve ser também um jogador de múltiplas funções no seu time, tendo que defender, atacar, estimular, avisar, comandar etc.

A posição de goleiro exige que o atleta seja um especialista no que faz, tendo que apresentar muitos outros critérios para ser um bom goleiro. São critérios como: boa colocação, agilidade, reflexo, ousadia, sangue-frio, flexibilidade, boa saída na hora certa, atenção permanente para um chute de surpresa, bons lançamentos no momento oportuno e com correto uso da força visando a sincronia com o companheiro que se desloca.

Importância

O(a) goleiro(a) talvez seja uma das peças mais importante da equipe, deve saber coordenar e orientar a sua equipe, pois joga de frente para o adversário. E hoje em dia além de atuar com as mãos deve saber jogar com os pés na mesma proporção. Já ficou pra trás a ideia que o goleiro é apenas um atleta de defesa, no futsal o goleiro também faz parte no sistema ofensivo da equipe, com isso, é exigido cada vez mais habilidades desta posição. Além de atuar com as mãos e pés para efetuar defesas também deve saber todos os movimentos táticos da equipe, ajudar no sistema ofensivo e dar cobertura ao sistema defensivo. A atenção e concentração é primordial para esta posição.

Queda Lateral

O fundamento de queda lateral consiste em o goleiro colocar o seu corpo em uma posição que dê condições para uma defesa de chutes rasteiros fora de seu alcance. O fundamento da queda é realizado com o desequilíbrio lateral do corpo em direção à bola, oferecido pela flexão da perna do lado da queda. E o contato com o solo deve ser feito pela parte lateral da coxa flexionada e pelo tronco. Evitando o choque das articulações contra o solo, como os joelhos, quadril e cotovelos.

    Para realizar a queda lateral, o goleiro, partindo da posição básica, inclina lateralmente o corpo, flexionando as pernas – mais a de apoio que recebe o peso do corpo -, e em seguida estende os braços, direcionando as mãos na trajetória da bola para realizar a pegada de tal maneira que a mão correspondente ao lado da queda impeça a passagem da bola e a outra venha por cima, para abafar e completar a pegada com segurança e firmeza

Trabalho com os pés

O trabalho com os pés é uma evolução no futsal. Duas décadas atrás os goleiros usavam apenas as mãos para contribuir ofensivamente. As gerações mais recentes talvez nem imaginem o cenário do goleiro só poder lançar a bola com a mão tendo que tocar o solo antes do meio da quadra. Em um segundo momento sendo permitido o lançamento direto à metade adversária para somente depois os pés fazerem parte da realidade.

A evolução dos goleiros é grande, principalmente no que se diz respeito aos treinamentos. Antigamente não se tinha os preparadores de goleiros que se preocupam no que os goleiros necessitam melhorar. Os goleiros, hoje em dia, têm que ser o mais completo possível, por isso a importância de se trabalhar todos os fundamentos e todas às ações para que o mesmo tenha um vasto leque de opções para atuar nas ações dos jogos.

O goleiro passou a ser um quinto jogador em quadra. A regra do goleiro linha permitiu que muitos nomes passassem a sentir a sensação até então somente desfrutada pelos demais jogadores.

A função do Goleiro Linha

Para exercer a função de goleiro linha, é necessário que o jogador tenha poder de decisão, uma leitura de jogo diferenciada e tranquilidade nas suas ações, pois quando a jogada for colocada em prática, ela poderá alterar o andamento da partida.

Goleiro Linha é o goleiro que assume a função de jogador de linha quando sua equipe está com a posse de bola. Pode ser o próprio goleiro que passa a jogar como um jogador de linha ou um jogador de linha que substitui o goleiro.

O goleiro linha geralmente é utilizado quando a equipe está em desvantagem no placar ou quando precisa da vitória. O Goleiro linha tem a função de ser um jogador a mais para efetuar as jogadas, então consequentemente o gol fica vazio.  A equipe deve ter muita paciência com a posse da bola, trocando passes de forma segura e com precisão, um erro de passe durante a utilização do goleiro linha pode gerar contra ataque para o adversário que quase sempre são convertidos em gols, pois a quadra defensiva está totalmente aberta.


5 regras específicas do goleiro no futsal:

- Qualquer jogador reserva pode substituir o goleiro, não é necessário avisar ao árbitro e nem que a partida seja parada para isso.
- A cor do uniforme do goleiro deve ser diferente do restante da sua equipe, da equipe adversária e dos árbitros.
- Não é permitido ao goleiro ficar com a bola, com os pés ou com as mãos, por mais de 4 segundos em sua quadra de defesa. Na quadra de ataque o goleiro pode tocar na bola livremente e por quanto tempo quiser como um jogador de linha.
- Não terá validade um gol feito pelo goleiro de um arremesso de meta ou outro arremesso realizado com as mãos.
- Caso o goleiro ultrapasse o limite de sua área penal segurando a bola com as mãos e estando a bola em jogo, será marcado Tiro Livre Direto para equipe adversária.

Através da AMAX Futsal, o professor Guaíba está trazendo "Curso Preparação Específica de Goleiros de Futsal - Teoria e Prática - Prof. Guaíba" para preparação específica de goleiros!! Neste curso você vai receber 5 módulos, contendo vídeo-aulas e mais de 120 exercícios!!! Clique aqui e saiba mais!


Eu sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo. Se você quiser ter conteúdo sobre esse tema para estudo, entre em contato pelo Whatsapp ou email do site . Conheça também nossa página de materiais educativos gratuitos .



Comente:

Nenhum comentário