Use o Treinamento Suspenso nas aulas de Treinamento Funcional






Treinamento suspenso (TS) é uma nova forma de treinamento na qual se realiza exercícios explorando o peso corporal como resistência. O que caracteriza a suspensão é a utilização de tiras, nas quais o sujeito pode ter as suas extremidades suspensas (membros superiores ou inferiores), durante a execução dos exercícios. Os exercícios realizados no TS utilizam a força da gravidade e movimentos para gerar resposta neuromuscular às mudanças na posição do corpo.

Com isso, o  treinamento suspenso propõe a melhora da força, equilíbrio, a flexibilidade, coordenação, potência e resistência muscular, utilizando o próprio peso do corpo. Esse tipo de treinamento pode ser realizado sozinho, incluído em uma bateria de exercícios funcionais ou associado à musculação.

As fitas de treinamento suspenso são muito práticas, pois podem ser facilmente instaladas ou presas em ganchos específicos, barras, portas, árvores… mas isso não  dispensa o acompanhamento de um profissional, que acompanhará a execução correta do movimento.

As fitas são muito utilizadas nos treinos funcionais, já que permite a realização de diversos exercícios com intensidades diferentes. Os principais benefícios desse tipo de treino são:

  • Fortalecimento do core, que são os músculos da região abdominal;
  • Aumento da força e da resistência muscular;
  • Maior estabilidade do corpo;
  • Estabilização das articulações;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Promove o desenvolvimento da consciência corporal.

Além disso, o treino suspenso é capaz de promover aumento da capacidade cardiorrespiratória e o condicionamento físico, já que se trata de um exercício aeróbico funcional completo.

Veja 5 exercícios que podem ser utilizados:

Para realizar o treino suspenso, é preciso a fita seja presa em uma estrutura fixa e que exista espaço em volta para que o exercício seja realizado. Além disso, é preciso ajustar o tamanho das fitas de acordo com a altura da pessoa e exercício que será realizado.

Alguns dos exercícios que podem ser realizados  sob orientação do instrutor de educação física são:

1. Flexão

6 opções de exercícios no TRX e principais benefícios

A flexão   é interessante para trabalhar costas, peito, bíceps e tríceps, além dos músculos abdominais, que precisam estar contraídos durante toda a atividade para manter o equilíbrio e a estabilidade do corpo.

Para fazer esse exercício, deve-se apoiar os pés nas pegas da fita e afastar as pernas na largura dos ombros e apoiar as mãos no chão, como se fosse fazer a flexão normal. Em seguida, flexionar os braços, tentando encostar o peito no chão, e voltar para a posição inicial empurrando o peso do corpo para cima.

2. Agachamento

6 opções de exercícios no TRX e principais benefícios

O agachamento, além de poder ser feito com barra e halter, também pode ser realizado , e, para isso, deve-se segurar nas pegas da fita e realizar o agachamento. Uma variação do agachamento  é o agachamento com salto, em que a pessoa agacha e ao invés de esticar totalmente as pernas para voltar à posição inicial, faz pequenos saltos.

Essa variação torna o exercício mais dinâmico e estimula a força e o ganho de massa muscular, garantindo maiores benefícios.

3. Abdominal com flexão das pernas

6 opções de exercícios no TRX e principais benefícios

O abdominal  exige bastante ativação dos músculos abdominais para garantir mais estabilidade para o corpo e força. Para fazer esse abdominal, a pessoa deve-se posicionar como se fosse fazer a flexão   e, em seguida, deve encolher os joelhos em direção ao peito, mantendo o corpo na mesma altura. Depois, deve-se estender as pernas e voltar para a posição inicial, repetindo o exercício de acordo com a recomendação do instrutor.

4. Bíceps

6 opções de exercícios no TRX e principais benefícios

O bíceps no tríceps é também um exercício que necessita de estabilidade no corpo e força nos braços. Para esse exercício, a pessoa precisa segurar a fita, com a palma da mão voltada para cima, e manter os braços estendidos, em seguida deve colocar os pés para frente até que o corpo fique inclinado e os braços continuem esticados. Em seguida, deve puxar o corpo para cima apenas flexionando o braço, ativando e trabalhando o bíceps.

5. Tríceps

6 opções de exercícios no TRX e principais benefícios

Assim como os bíceps, é possível também trabalhar os tríceps. Para isso, é preciso ajustar a fita de acordo com a intensidade e dificuldade que se deseja e segurar a fita com os braços esticados acima da cabeça. Em seguida, inclinar o corpo para frente e flexionar os braços, fazendo as repetições de acordo com a orientação do instrutor.

Devido ao fato de você poder modificar a resistência do exercício de forma instantânea, simplesmente ajustando a posição do corpo (braço de resistência da alavanca), os treinos em suspensão tornam-se seguros e eficazes para pessoas de qualquer nível de condicionamento.

Se você é profissional de Educação Física, veja materiais para crescer seu conhecimento na área de Treinamento Funcional. Clique aqui!



Espero que você tenha gostado dessa abordagem. Algumas dicas para profissionais:
  • Materiais para Estudo Educação Física e Esportes GRATUITOS
  • Atividades para Aula de Educação Física Escolar
  • Livros com ótimos preços
  • Grupo de Whatsapp



  • Comente:

    Nenhum comentário

    Comentários ofensivos não serão publicados!