Papel do professor no ensino do Basquete na Escola






Durante muito tempo MESMO, a prática dos professores de educação física tem sido pautada por excessivo ensino prático esportivo, pouca valorização da cultura corporal e desconhecimento por parte dos alunos dos conteúdos de educação física escolar o que tem levado a educação física a um isolamento das outras disciplinas.

Há muito professor que trabalha com Educação Física Escolar que faz um esforço danado para mudar essa realidade e implantar aulas multidisciplinares.

Neste sentido, um novo paradigma e referencial no ensino de esportes escolares, que supera o impasse entre a visão sociológica e a fisiológica, consiste no ensino-aprendizagem e treinamento na prática das habilidades técnicas e corporais. A intenção é agregar, cada vez mais, o ensino de esportes ao nosso cotidiano, trabalhando o lado cultural e social tão rico que nos oferece. 

Um esporte que serve como ferramenta é o Basquete. A iniciação na modalidade basquetebol, em uma visão da prática esportiva mais abrangente, deve ser norteada por uma proposta pedagógica que leva em conta quatro pontos fundamentais para a sua sustentação: diversidade, inclusão, cooperação e autonomia.

Dentre os benefícios de se trabalhar usando essa sustentação estão:

- Uma melhor coordenação.

- Uma maior concentração e uma espetacular rapidez de reflexos.

- Também desenvolve a agilidade e as habilidades locomotoras, além de contribuir com uma grande resistência.

- Como todos os esportes infantis, o basquete cuida e protege o sistema cardiovascular e melhora a resistência muscular.

- Cooperação e o companheirismo

Uma boa forma de se trabalhar o basquete na escola é a Iniciação esportiva universal, que busca integrar três grandes áreas de desenvolvimento da criança:

1) a aprendizagem e o treinamento das táticas (capacidades táticas básicas, estruturas funcionais gerais e direcionadas-especializadas);

2) a aprendizagem motora e o treinamento das táticas e técnicas (treinamento da coordenação e habilidades técnicas);

3) Treinamento tático-técnico (treinamento tático, técnico e integrado)

Cada área dessa será desenvolvida de acordo com a idade do aluno.  O grande desafio do professor é não tratar o basquetebol (ou qualquer outra modalidade) de forma equivocada. O professor dispõe do equipamento para o aluno, no caso, a bola e deixa com que ele jogue sem a mínima noção de fundamento ou regra, o que acaba por fazer com que o aluno muitas vezes se desinteresse pelo jogo. Para que isso não ocorra, é preciso que o profissional de Educação Física saiba da importância de seu papel, sendo um profissional ético e demonstrando coerência entre seu discurso e sua prática pedagógica. Sim, as aulas precisam de um planejamento em qualquer idade.

A importância do papel do professor e da escola no processo de ensino e aprendizagem torna-se cada vez maior e ganha papel fundamental para que o basquetebol volte a obter espaço perante as outras modalidades esportivas ensinadas nas escolas. O basquetebol é um dos esportes mais completos, já que exige uma gama de habilidades motoras fundamentais e complexas, sendo portanto, de grande importância na aprendizagem motora do aluno e quando ensinado de forma lúdica, inclusiva e dinâmica, essencial para o enriquecimento do aluno no que diz respeito a aspectos sociais e emocionais.

Para finalizar, vou te indicar um ebook que te ensinará a ter uma performance excelente no ensino do Basquete Educacional, em escolas e Escolinhas. Conheça o Ebook Trabalhe com Basquete Educacional. Você aprenderá a trabalhar com Basquete mesmo que nunca tenha lidado com o assunto. Clique aqui e saiba mais sobre o Ebook Trabalhe com Basquete Educacional!



Espero que você tenha gostado do texto. Abaixo, algumas dicas para profissionais:
  • Cursos Online sobre Educação Física com ótimos preços
  • Ebooks sobre Educação Física com ótimos preços
  • Materiais de Educação Física e Esportes GRATUITOS
  • Atividades para Aula de Educação Física Escolar
  • Livros sobre Educação Física com ótimos preços
  • Grupo de Whatsapp


  • Comente:

    Nenhum comentário

    Comentários ofensivos não serão publicados!